Mostrando postagens com marcador leitura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador leitura. Mostrar todas as postagens

domingo, fevereiro 25, 2018

Passando só para avisar que a última carta anual aos shareholders da Berkshire Hathaway foi publicada ontem. É uma ótima leitura e vocês podem baixá-la aqui.

Carta Anual aos Shareholders da Berkshire Hathaway 2017

sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Leituras da Semana #7

quinta-feira, fevereiro 15, 2018


Recomendo a leitura do livro do Gustavo Cerbasi, "Como Organizar Sua Vida Financeira", sobre finanças pessoais. Livro curto e rápido, com ótimas provocações sobre nível de gastos e dicas acerca do nível de patrimônio a se possuir para ter uma vida tranquila.

Conceitos como Patrimônio Mínimo De Sobrevivência, Patrimônio Mínimo Recomendado de Segurança, Patrimônio Ideal e Patrimônio Necessário para a Independência Financeira fazem-se presentes ao longo da leitura, assim como esclarecimentos sobre financiamentos e dívidas. Recomendado para quem está começando a vida profissional ou busca melhorar sua situação financeira.

Educação Financeira

sexta-feira, janeiro 26, 2018

Essa edição do "Leituras da Semana" saiu bem tarde, eu admito. Mas, vamos às postagens:



As próximas edições do "Leituras da Semana" serão similares a essa, com apenas uma lista de links das matérias que chamaram a minha atenção ao longo do período.

Leituras da Semana #3

quinta-feira, janeiro 04, 2018

Quer um resumo do livro "The Other Side of Wall Street: In Business It Pays to Be an Animal, in Life It Pays to Be Yourself"? Leia o artigo "Here's what a small bonus does to your health". (Link do livro: Amazon)

Todd Harrison conta sobre sua carreira profissional, iniciada no Morgan Stanley, seguida por um período no Galleon Group (hedge fund) e no Cramer Berkowitz (outro hedge fund), acompanhado do gerenciamento de um hedge fund próprio e de Minyanville, um site criado por ele com o objetivo de proporcionar educação financeira de maneira simples e objetiva.

Entretanto, boa parte do livro gira em torno do desejo incessante do autor por dinheiro e por bônus sempre maiores, embora tenha deixado de receber bônus em um número considerável de vezes durante sua estadia no Morgan e no Galleon Group.

A escrita do autor é bem fluída, não há histórias absurdas como as do Straight to Hell, mas é sempre bom ler um relato introspectivo e verdadeiro de vez em quando.

Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Recomendação de leitura | The Other Side of Wall Street

quarta-feira, janeiro 03, 2018

Já viu a aposta que Warren Buffett fez sobre o nível de performance de um portfólio de fundos de fundos? 

Buffett apostou um milhão de dólares na previsão de que o S&P 500 iria performar acima do portfólio no período de 01/01/2008 a 31/12/2017.

A Protégé Partners, uma asset management, aceitou a aposta e argumentou que hedge funds podem sim proporcionar retornos superiores a fundos de índices, em vista de diversas estratégias e ativos que podem ser negociados.

Veja o argumento de Buffett abaixo:

A lot of very smart people set out to do better than average in securities markets. Call them active investors. 
Their opposites, passive investors, will by definition do about average. In aggregate their positions will more or less approximate those of an index fund. Therefore the balance of the universe—the active investors—must do about average as well. However, these investors will incur far greater costs. So, on balance, their aggregate results after these costs will be worse than those of the passive investors. 
Costs skyrocket when large annual fees, large performance fees, and active trading costs are all added to the active investor’s equation. Funds of hedge funds accentuate this cost problem because their fees are superimposed on the large fees charged by the hedge funds in which the funds of funds are invested. 
A number of smart people are involved in running hedge funds. But to a great extent their efforts are self-neutralizing, and their IQ will not overcome the costs they impose on investors. Investors, on average and over time, will do better with a low-cost index fund than with a group of funds of funds.

Até hoje o site da aposta não foi atualizado, embora o hedgie que apostou contra Buffett tenha aceitado antes do término que havia perdido a aposta (ver: Hedge Fund Manager Who Lost Bet With Buffett Sours on Long/Short EquityWhy I Lost My Bet With Warren Buffett).

Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

A Aposta de 1 Milhão de Dólares

quarta-feira, dezembro 27, 2017

Você aí, aluno de faculdade e que quer trabalhar no Mercado Financeiro, já pensou o que vai fazer nessas férias para melhorar esta situação? O Faria Lima Oasis possui umas sugestões:



  1. Temos uma lista com Livos sobre Mercado Financeiro e Wall Street
  2. Temos recomendações de leitura específicas de livros selecionados da lista acima, como
    1. Livro Working the Street
    2. Livro Confessions of a Street Addict
    3. Livro Monkey Business
    4. Outros sites possuem diversas listas de livros técnicos sobre Mercado Financeiro, busco não repetir as indicações pois vocês facilmente podem encontrá-las no Google. Assim, recomendo livros que poucos leram ou indicam.
  3. Também temos indicações de outros tipos de leituras
    1. Relatórios de gestoras de recursos
    2. Como se manter informado sobre o cenário político brasileiro
    3. Como se manter atualizado sobre o cenário econômico brasileiro
  4. Temos uma lista com filmes e séries sobre Mercado Financeiro
  5. Há cursos presenciais de Mercado Financeiro nas capitais (RJ e SP), assim como há cursos online em plataformas como o Udemy. Futuramente pretendo escrever um post sobre isso.
  6. Aprender a programar em Excel e VBA. Já falamos sobre a importância de saber programar.
  7. Fazer uma preparação para processos seletivos com as postagens já publicadas. Segue uma seleção de postagens
    1. Dicas para uma entrevista de emprego
    2. Coeficiente de rendimento e trabalhar no Mercado Financeiro
    3. Como ter um perfil de destaque no LinkedIn?
    4. Diferenciação nas entrevistas e dinâmicas
    5. Dicas sobre dinâmicas em grupo
    6. Características buscadas nos jovens profissionais
    7. Material de preparação para o GMAT e provas de raciocínio lógico
    8. Dica de entrevista | Evite reclamar
E encerramos por aqui. Se você deseja estagiar em bancos ou trabalhar no Mercado Financeiro, esta lista o ajudará a se encontrar e a desenvolver o caminho para conseguir alcançar o seu objetivo.


Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Recomendações de Férias para Universitários

sexta-feira, dezembro 15, 2017



Em "Inside the Race for the Top Job on Wall Street" do NYT, discute-se sobre quem será o próximo a ocupar o lugar de Lloyd Blankfein, CEO do Goldman Sachs, quando o mesmo sair da posição. Existem dois nomes em questão, Harvey M. Schwartz e David M. Solomon, cujas histórias de vida foram tratadas no artigo. Eles possuem backgrounds bem diferentes e que com absoluta certeza modificam o seu modo de lidar com negócios. Vamos ver qual será o resultado dessa epopeia.

"Bitcoin Investors Beginning To Resemble Tweakers Playing XBox" adiciona alguns questionamentos ao já intrincado debate sobre o futuro do bitcoin e das criptomoedas. Argumenta-se que uma queda elevada do preço do bitcoin pode representar um risco sistêmico, visto que em tese a maior parte dos investidores são average joes, exemplificado pelo aumento repentino de abertura de contas em trade exchanges durante o Thanksgiving deste ano. O que, por consequência, poderia levar a esses mesmos investidores a desinvestirem outros ativos. Algo a se pensar.

"Even The Sharks Are Trading Like Goldfish" teoriza sobre a diminuição da volatilidade dos mercados e a contribuição do FED para com isso. Este artigo vem em linha com a argumentação de uns gestores brasileiros, como mostrado pelos seguintes artigos "Riscos vêm do Brasil e do exterior, apontam gestores" (Valor Econômico; para assinantes) e "André Jakurski e 8 motivos para deixar sua carteira de investimentos mais conservadora".

Confira a lista de leituras da semana anterior.

Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Leituras da Semana #2

sexta-feira, dezembro 01, 2017

Para o blog não ficar sem postagens, começarei a recomendar artigos e livros que me chamaram a atenção durante as últimas semanas. A maior parte deles será relacionada direta ou indiretamente a Mercado Financeiro. Dada a "validade" de notícias relacionadas a economia ou política, reservei-me ao direito de não postar sobre tais tópicos - a menos que sejam extremamente importantes.


Artigo da Capital Aberto ("Direto por inferno, sem escalas...") com um pequeno resumo sobre o livro Straight to Hell, do criador da conta @GSElevator John LeFevre. (Link do livro: Amazon)

Consequentemente, interessei-me e acabei lendo o livro do LeFevre nos intervalos livres. É um livro de memórias com passagens sobre a vida acadêmica e profissional do autor, além de diversos causos sobre models and bottles e drogas. Um ou outro conceito sobre debt syndicate e bond trading é explicado durante o livro. Arrogância dá o tom da narrativa. Para quem quer rir um pouco e conhecer o inner workings do Mercado Financeiro asiático, é uma boa pedida.

Saiu artigo novo no Leveraged Selout ("The Safest Space") depois de um bom tempo de hiato. Estilo similar ao do livro acima.

"How the jobs you don't get can change your life and make your career" - Artigo de Turney Duff, autor de The Buy Side, sobre manter contato com sua rede de networking ao longo da vida profissional e a importância da gratidão. Gostei bastante da leitura.

Alguma recomendação? Manda um recado para farialimaoasis[@]gmail.com



Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Leituras da Semana #1

quinta-feira, agosto 03, 2017

Como dito no post anterior Como se manter atualizado sobre Mercado Financeiro, manter-se atualizado é fundamental, tanto para entrevistas de emprego como para a execução de um bom serviço. Sendo assim, seguem as recomendações de algumas colunas para acompanhar o cenário político brasileiro:

Lauro Jardim
Ancelmo
O Antagonista
Radar On-Line
Painel
Broadcast
Eliane Catanhêde
Vera Magalhães
Zeina Latif (às vezes posta sobre política)

Como se manter atualizado sobre o cenário político brasileiro

Leitura da semana: Cultura de Excelência, de David Cohen.

O livro conta a história da Fundação Estudar e a experiência de vida de alguns de seus bolsistas. Por consequência, discorre sobre pontos relevantes da cultura da Fundação Estudar, como "ter faca nos dentes" e "ser sangue nos olhos". (Link do livro: Amazon)



Recomendo a sua leitura para aqueles que desejam se tornar um bolsista da Fundação ou para aqueles que desejam trabalhar no Mercado Financeiro. Não é por coincidência que a cultura da Fundação tenha nascido no Garantia, banco de investimento comandado pelo trio Beto Sicupira, JP Lemann e Marcel Telles.

Meu trecho preferido do livro:
"De acordo com a filosofia que a Estudar segue, o trabalho não é um fardo a se carregar para garantir o sustento - é a única forma de realizar seu potencial. Talento sem trabalho não adianta para nada. Trabalho, contínuo e consistente, constrói o talento. E o talento, aplicado ao trabalho, leva a resultados excepcionais. "


Recomendação de leitura | Cultura de excelência

quarta-feira, junho 28, 2017

Como é a vida dos estagiários no setor financeiro?

 Recomendo a leitura deste artigo do Valor Econômico, "A dura vida dos estagiários no setor financeiro" (limitado para não assinantes), para todos aqueles que desejam trabalhar no Mercado Financeiro. Tanto para aqueles que já conhecem um pouco sobre a cultura do setor, como para aqueles que olham o setor com óculos cor de rosa.

Trecho citado do artigo (todos os direitos do trecho citado estão reservados ao Valor Econômico):

"O doutor Michael Sinclair, terapeuta e autor de 'Fear and Self-Loathing in the City: a guide to keeping sane in the Square Mile' (algo como 'medo e autodepreciação na City: um guia para continuar são na Square Mile', em inglês), diz que os próprios novatos que entram no mundo das finanças colocam enorme pressão sobre seu desempenho, em vez de apenas receber ordens dos chefes. 
'Eles têm o desejo de entrar no turbilhão. A área de banco de investimento é muito atrativa. É alta adrenalina e altos salários. Os mais jovens vão trabalhar incansavelmente para tentar impressionar'. Hephzi Pemberton concorda. 'As pessoas que vão para o mundo das finanças estão dispostas a trabalhar duro. Provavelmente eram as que viravam a noite estudando na universidade. Não eram as que ficavam sentadas tocando violão.'"

Esses pontos citados neste trecho foram discorridos brevemente em algumas postagens anteriores no Faria Lima Oasis, são elas:

Por que tantos atletas são contratados no Mercado Financeiro?
Dica Comportamental | Sangue nos olhos
Qual é o significado da expressão "faca nos dentes"?
Bancos de Investimento são iguais uns aos outros

Recomendação de Leitura | A dura vida dos estagiários no setor financeiro

domingo, junho 18, 2017

Terminei de ler o livro Confessions of a Street Addict, de James J. Cramer. Pelo meu registro, comecei a lê-lo em maio. Devorei praticamente metade do livro em pouco tempo, mas perdi o ritmo ao longo dos meses. (Link do livro: Amazon)



Provavelmente devido ao fato da história perder a sua excitação a partir do momento em que o foco é alterado, passando do início de carreira do autor e de sua atuação em seu hedge fund ao seu side hustle, um site com informações sobre o mercado e que esteve envolvido em diversos problemas administrativos.

Enfim, recomendo a sua leitura até o capítulo 5, incluso. Há alguns trechos que apresentam dicas comportamentais e de proatividade bem bacanas. Ainda, se busca o relato mais pessoal, assim como um resumo sobre a sua experiência estando à frente deste fundo, recomendo a leitura do último capítulo, "Confessions of an Ex-Street Addict".

Recomendação de leitura | Confessions of a Street Addict

terça-feira, maio 09, 2017

Então quer dizer que você quer trabalhar no Mercado Financeiro? Melhor, em Wall Street? Já se perguntou sobre o que você terá de sacrificar para conseguir entrar no emprego, manter-se nele e ainda ter sucesso? Ainda não? Recomendo a leitura do trecho a seguir.

Após a leitura de diversos livros, percebo que este é um padrão dentre os investment bankers de Wall Street. Além, que também é corrente dentre os brasileiros. Em uma conversa com um analista de um banco de investimento conhecido, ele confirmou as mais de cem horas de trabalho. Enfim, vamos ao trecho:


"So with all this crap, all this garbage that we were piling through, what was the bottom line? A lot of anguish, never saying no, and about 100 hours a week spent in the trenches. There are only 168 hours in a week, and working 100 of them meant that we had to work every day, seven days a week. Taking corporate car rides home, showering in the mornings, and searching for our lost identities before we went to bed at night enveloped 20 hours of our week. Making a lame attempt at a social life engulfed 15 hours of the week. So that left 33 hours of our week for sleeping. That meant an average of four and a half hours a night." (John Rolfe and Peter Troob. Monkey Business. page 148. Warner Business Books, New York. 2000.) (Link do livro: Amazon)

Investment banking é exaustivo?

sábado, abril 22, 2017

 Livros que mostram o lado negro de Wall Street e do Mercado Financeiro americano (mas que, além de risadas, também proporcionam conhecimento):
  • Why I Left Goldman Sachs: A Wall Street Story - Greg Smith (Link do livro em inglês e em português na Amazon)
  • Monkey Business: Swinging Through the Wall Street Jungle - John Rolfe and Peter Troob (recomendo este livro) (Amazon)
  • Young Money: Inside the Hidden World of Wall Street's Post-Crash Recruits - Kevin Rose (Amazon)
  • The Buy Side: A Wall Street Trader's Tale of Spectacular Excess - Turney Duff (Amazon)
  • Damn, It Feels Good to Be a Banker: And Other Baller Things You Only Get to Say If You Work on Wall Street - Leveraged Sellout (Amazon)
  • Surtando em Wall Street: Memórias de um operador do Lehman Brothers - Jared Dillian (Amazon)
  • Wall Street: O Livro Proibido - Raiam Santos (Amazon)
  • Flash Boys: A Wall Street Revolt - Michael Lewis (recomendo este livro) (Amazon)
Alguns livros possuem versões em português, outros possuem apenas a versão original em inglês.

Essa lista será atualizada de acordo com o meu ritmo de leitura, portanto, visite esta página de tempos em tempos. Caso possuam alguma indicação de leitura, deixem nos comentários.

Livros sobre Mercado Financeiro e Wall Street