Mostrando postagens com marcador estudo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador estudo. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, dezembro 15, 2017



Em "Inside the Race for the Top Job on Wall Street" do NYT, discute-se sobre quem será o próximo a ocupar o lugar de Lloyd Blankfein, CEO do Goldman Sachs, quando o mesmo sair da posição. Existem dois nomes em questão, Harvey M. Schwartz e David M. Solomon, cujas histórias de vida foram tratadas no artigo. Eles possuem backgrounds bem diferentes e que com absoluta certeza modificam o seu modo de lidar com negócios. Vamos ver qual será o resultado dessa epopeia.

"Bitcoin Investors Beginning To Resemble Tweakers Playing XBox" adiciona alguns questionamentos ao já intrincado debate sobre o futuro do bitcoin e das criptomoedas. Argumenta-se que uma queda elevada do preço do bitcoin pode representar um risco sistêmico, visto que em tese a maior parte dos investidores são average joes, exemplificado pelo aumento repentino de abertura de contas em trade exchanges durante o Thanksgiving deste ano. O que, por consequência, poderia levar a esses mesmos investidores a desinvestirem outros ativos. Algo a se pensar.

"Even The Sharks Are Trading Like Goldfish" teoriza sobre a diminuição da volatilidade dos mercados e a contribuição do FED para com isso. Este artigo vem em linha com a argumentação de uns gestores brasileiros, como mostrado pelos seguintes artigos "Riscos vêm do Brasil e do exterior, apontam gestores" (Valor Econômico; para assinantes) e "André Jakurski e 8 motivos para deixar sua carteira de investimentos mais conservadora".

Confira a lista de leituras da semana anterior.

Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Leituras da Semana #2

sábado, novembro 04, 2017

 Galera, como mentor ando acompanhando uma pessoa que deseja entrar no Mercado Financeiro e tenho visto alguns pontos que podem (e devem) ser trabalhados:

- Treine Excel e VBA ao máximo e tenha isso memorizado e praticado na hora de fazer a prova para o estágio e no estágio em si
- Tenham uma boa conversação em inglês. Hoje em dia não há desculpas para não treinar isso de maneira gratuita com a internet
- Treine suas habilidades analíticas sempre que possível. Tenha uma mente razor sharp para fazer diversas contas e estimativas rápidas sem ajuda de calculadora.

Sempre continue treinando. Não importa se a sua personalidade é similar ao de pessoas que obtiveram sucesso em assets e bancos de investimento, o lado analítico é tão importante quanto as soft skills.

Pontos a serem melhorados

segunda-feira, setembro 11, 2017

Vai prestar processo seletivo para banco de investimento ou consultoria e ficou com medo do teste on-line com questões do GMAT ? Não tema. Se você se deu bem na seção de matemática do Enem ou de outros vestibulares, você não vai enfrentar dificuldades com o GMAT.

Até porque, esses processos seletivos utilizam questões inspiradas no GMAT, deixando de fora as questões de data sufficiency (que são as mais difíceis da prova original) e questões que envolvam imagens (trigonometria, por exemplo). Esta última pode vir a cair, sim, mas não é algo rotineiro.


Agora, algo que deve ser levado em consideração é que seus concorrentes querem tanto a vaga como você, ou até mais, então dê uma olhada nos tipos de questões mais frequentes, assim como fórmulas e explicações sobre tópicos esquecidos. Deixar de se classificar por erros bobos é questionável. Fiz uma postagem com indicações de material de estudo para o GMAT que me serviram e que serão suficientes.


Já em relação à duração da prova, para estágios de férias, se você estiver afiado, dá tempo de responder todas as questões, fazer um sanduíche, rever as questões três vezes e ainda ter tempo livre. Experiência própria.


E se você não estiver afiado, também dá tempo, não se preocupe. Geralmente são 12-15 questões a serem feitas em uma hora.


Quanto a estágios efetivos, a questão de tempo é outra. Já vi casos em que 10 questões deveriam ser respondidas em 10 minutos.


Nível de dificuldade dos testes online de GMAT

terça-feira, maio 16, 2017

 Caso a grade do seu curso não seja satisfatória ao seu objetivo, seja por não atender ao desejo de ter mais contato com o Mercado Financeiro ou por atendê-lo de forma incompleta, aqui vai uma dica.

Pesquise na coordenação do seu curso quanto a possibilidade de cursar matérias obrigatórias e eletivas de outros cursos, sem ter de cumprir os pré-requisitos das mesmas.

Caso seja possível, pegue o fluxograma/currículo programático de cursos como Economia, Administração, Contábeis e Engenharia de Produção para buscar matérias que correspondam ao seu interesse. Pode ser uma dica boba, mas a maior parte dos alunos não conhecem esta oportunidade.

Como fazer para aproveitar mais o ensino acadêmico da minha universidade?