Mostrando postagens com marcador dica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dica. Mostrar todas as postagens

domingo, agosto 06, 2017

Deseja trabalhar em uma gestora de recursos? Recomendo pesquisar sobre sua filosofia de investimentos, assim como ler os livros recomendados pelos seus sócios e os relatórios mais recentes divulgados pelas mesmas.

Cartas e relatórios recomendados:

Veja também:


Recomendação de leitura | Relatórios de gestoras

quinta-feira, agosto 03, 2017

Como dito no post anterior Como se manter atualizado sobre Mercado Financeiro, manter-se atualizado é fundamental, tanto para entrevistas de emprego como para a execução de um bom serviço. Sendo assim, seguem as recomendações de algumas colunas para acompanhar o cenário político brasileiro:

Lauro Jardim
Ancelmo
O Antagonista
Radar On-Line
Painel
Broadcast
Eliane Catanhêde
Vera Magalhães
Zeina Latif (às vezes posta sobre política)

Como se manter atualizado sobre o cenário político brasileiro

segunda-feira, junho 12, 2017

 Ao perguntar ao sócio de uma gestora de recursos qual é a característica pessoal ou habilidade que anda em falta dentre os estagiários atuais, o mesmo respondeu-me que falta desespero por parte dos mesmos. Falta a vontade de se tornar independente cedo, de sair de casa cedo, de pedir o máximo de ajuda aos superiores para aprender sobre as especificidades do estágio, enfim, falta de proatividade. Acredito que aquele que demonstrar esta característica em uma entrevista irá se sair muito bem, dependendo do perfil do banco de investimento/asset pretendido.

Característica pessoal em falta nos estagiários atuais

sábado, junho 03, 2017

Característica ideal: sangue nos olhos

 Qual é a característica número um buscada dentre os candidatos? Há diversas características que compõem o candidato ideal, mas acredito que uma delas se sobressaia: o sangue nos olhos. Não há um termo muito palpável para isso, que também é conhecido como "brilho nos olhos", embora seja mais genérico ainda do que o primeiro.

Basicamente, "sangue nos olhos" descreve o indivíduo que dá 100% de si em uma atividade, que entra em um negócio com espírito de dono desde o início, aquele que tem a faca nos dentes e encara qualquer desafio.

É a mistura de autoconfiança (sem ser arrogante), humildade (para aceitar qualquer problema a ser feito) e vontade de crescer levado ao infinito. Esse elemento é algo bastante lógico a ser buscado dentre candidatos, visto que o objetivo de um banco de investimentos e de uma asset é de buscar formas para valorizar o patrimônio de seus clientes.

Caso você fosse uma família ou um investidor, iria querer ter o seu dinheiro gerenciado pela melhor equipe de todas, formada por indivíduos que buscam, de forma ética, a melhor forma de entregar o melhor resultado. Acredito que você não se satisfaça com a média, então não espere algo diferente do investidor.


Dica Comportamental | Sangue nos olhos

sábado, maio 27, 2017

Característica ideal: mentalidade de dono

 Ouvindo o episódio 14 do podcast do Raiam Santos com o Rafael Coelho, consegui captar uma dica sobre Mercado Financeiro que já comentei por aqui no blog, além de um ponto que irei abordar posteriormente.

Ao final do podcast (por volta de 1:13:00), o Rafael diz (mais ou menos) o seguinte:
"Dica para quem está entrando, [é] ter uma mentalidade de sócio, dono, já estar se importando com a empresa desde o início, ter a atitude de crescer junto com a empresa."

Alguns minutos depois, o Coelho fala sobre programação e VBA (assunto abordado neste meu post "É necessário aprender a programar para trabalhar no Mercado Financeiro?"):
[Rafael] "Entrando no mercado financeiro, na marra fui aprendendo VBA."
[Raiam] "VBA é importante pra caramba."
[Rafael] "O objetivo não é que a pessoa se torne um programador de VBA mas com VBA você consegue fazer ferramentas muito legais dentro e fora do Excel. Você consegue gerar informação rapidamente usando o VBA. Você não precisa ser um programador de VBA, é mais [ter] a noção básica, o conteúdo que você vai gerar do Excel, com os dados que você tem, que ajuda bastante a extrair e manipular melhor o conteúdo."

Esse foi um bom episódio e o podcast do Raiam tem outros episódios realmente muito bons, assim como o blog dele, então deem uma olhada porque tem bastante coisa boa. Se encontrarem algum outro material com dicas, podem enviar aqui nos comentários.

Dica comportamental | Mentalidade de dono + programação

domingo, maio 21, 2017

 Um dos pontos a serem evitados em uma conversa com sócios de bancos de investimento e gestoras: reclamar sem mostrar ou apontar possíveis soluções. Ao ouvir de um sócio a conversa que ele teve com um analista, em que o último reclamou sobre as atividades e a área em que estava alocado, além de ter demonstrado a falta de proatividade em solucionar um problema que surgiu, não pude deixar de pensar em como há gente sem noção no mundo.

Se você possui uma participação acionária em uma empresa e vê que o seu empregado apenas reclama e não resolve os problemas que surgem, o mesmo começa a parecer dispensável.

Dica de entrevista | Evite reclamar

terça-feira, maio 16, 2017

 Caso a grade do seu curso não seja satisfatória ao seu objetivo, seja por não atender ao desejo de ter mais contato com o Mercado Financeiro ou por atendê-lo de forma incompleta, aqui vai uma dica.

Pesquise na coordenação do seu curso quanto a possibilidade de cursar matérias obrigatórias e eletivas de outros cursos, sem ter de cumprir os pré-requisitos das mesmas.

Caso seja possível, pegue o fluxograma/currículo programático de cursos como Economia, Administração, Contábeis e Engenharia de Produção para buscar matérias que correspondam ao seu interesse. Pode ser uma dica boba, mas a maior parte dos alunos não conhecem esta oportunidade.

Como fazer para aproveitar mais o ensino acadêmico da minha universidade?

terça-feira, maio 09, 2017

Então quer dizer que você quer trabalhar no Mercado Financeiro? Melhor, em Wall Street? Já se perguntou sobre o que você terá de sacrificar para conseguir entrar no emprego, manter-se nele e ainda ter sucesso? Ainda não? Recomendo a leitura do trecho a seguir.

Após a leitura de diversos livros, percebo que este é um padrão dentre os investment bankers de Wall Street. Além, que também é corrente dentre os brasileiros. Em uma conversa com um analista de um banco de investimento conhecido, ele confirmou as mais de cem horas de trabalho. Enfim, vamos ao trecho:


"So with all this crap, all this garbage that we were piling through, what was the bottom line? A lot of anguish, never saying no, and about 100 hours a week spent in the trenches. There are only 168 hours in a week, and working 100 of them meant that we had to work every day, seven days a week. Taking corporate car rides home, showering in the mornings, and searching for our lost identities before we went to bed at night enveloped 20 hours of our week. Making a lame attempt at a social life engulfed 15 hours of the week. So that left 33 hours of our week for sleeping. That meant an average of four and a half hours a night." (John Rolfe and Peter Troob. Monkey Business. page 148. Warner Business Books, New York. 2000.) (Link do livro: Amazon)

Investment banking é exaustivo?

sábado, maio 06, 2017

"Your goal should be to become the person people want to call when they need something because they trust and value you." (fonte: Q&A with Clare Sherrer, Investment Banking Division.) 


E foi seguindo esta frase que recebi elogios de um dos sócios de um banco de investimento e a oportunidade de liderar um grupo de alunos interessados em Mercado Financeiro. Há poucas pessoas que dão o seu melhor em cada oportunidade que aparece, o que as faz acumularem reconhecimento e ainda mais oportunidades. Seja uma delas, a sensação é ótima.

Being a go-to person

quarta-feira, abril 26, 2017

Como contactar quem não usa LinkedIn?

 Dado o post anterior (Por que poucas pessoas relevantes do Mercado Financeiro possuem perfis no LinkedIn?), fica a pergunta: como entrar em contato com indivíduos importantes de bancos de investimento e assets quando boa parte deles não possui um perfil público ou um perfil atualizado no LinkedIn?

Meu pequeno gafanhoto, missão dada é missão cumprida. Há algumas alternativas, citadas fora de ordem de importância:

  • enviar uma mensagem ou adicionar o perfil desatualizado mesmo assim, pois há uma probabilidade da pessoa-alvo receber alguma notificação em sua caixa de e-mail
  • buscar outras pessoas da mesma área ou de áreas correlatas da mesma empresa no LinkedIn
  • enviar um e-mail para o RH contando sobre o seu desejo de conversar com a pessoa pretendida e perguntar se eles poderiam tornar isso possível
    • caso não aceitem, peça que o RH indique alguma pessoa da área ou de uma área correlata com quem você poderia conversar
  • ir ao banco de investimento ou asset e tentar marcar um horário com a pessoa pretendida
Caso não aceitem algum destes pontos, mostre persistência. Envie e-mails perguntando sobre a negativa, ligue, envie cartas, enfim, demonstre o seu interesse e vá atrás do seu objetivo. Seja persistente não seja chato, tenha em mente a linha tênue existente entre ambos.


Mercado Financeiro | Como entrar em contato com quem não usa LinkedIn?

sábado, abril 22, 2017

 Livros que mostram o lado negro de Wall Street e do Mercado Financeiro americano (mas que, além de risadas, também proporcionam conhecimento):
  • Why I Left Goldman Sachs: A Wall Street Story - Greg Smith (Link do livro em inglês e em português na Amazon)
  • Monkey Business: Swinging Through the Wall Street Jungle - John Rolfe and Peter Troob (recomendo este livro) (Amazon)
  • Young Money: Inside the Hidden World of Wall Street's Post-Crash Recruits - Kevin Rose (Amazon)
  • The Buy Side: A Wall Street Trader's Tale of Spectacular Excess - Turney Duff (Amazon)
  • Damn, It Feels Good to Be a Banker: And Other Baller Things You Only Get to Say If You Work on Wall Street - Leveraged Sellout (Amazon)
  • Surtando em Wall Street: Memórias de um operador do Lehman Brothers - Jared Dillian (Amazon)
  • Wall Street: O Livro Proibido - Raiam Santos (Amazon)
  • Flash Boys: A Wall Street Revolt - Michael Lewis (recomendo este livro) (Amazon)
Alguns livros possuem versões em português, outros possuem apenas a versão original em inglês.

Essa lista será atualizada de acordo com o meu ritmo de leitura, portanto, visite esta página de tempos em tempos. Caso possuam alguma indicação de leitura, deixem nos comentários.

Livros sobre Mercado Financeiro e Wall Street

sexta-feira, abril 21, 2017

Summer Jobs são relevantes para o currículo?

 Sim, demais - são uma atividade extracurricular bastante valorizada. Summer Jobs são estágios de férias, com duração de um a dois meses, onde você obterá experiência profissional em tempo integral sem ter de sacrificar suas notas da graduação. Há também a sua versão voltada para as férias do meio de ano, (pouco) conhecida no Brasil como Winter Job.

Para aqueles que buscam realizar a graduação sem realizar estágios durante a mesma, é de elevada relevância participar de um estágio de férias. Assim, você poderá mostrar que é capaz de entregar resultados (mostrando que você possui um ótimo coeficiente de rendimento e que se preocupa com ele), é proativo (por ter buscado conhecer um pouco mais sobre os programas de Summer/Winter Job, visto que são poucos o que os conhecem) e que você já sabe o que esperar de um trainee ou de uma vaga efetiva em um banco de investimento ou em uma asset (por já ter tido uma experiência prévia, mesmo que limitada, no estágio de férias).

Os Summer Jobs para o Mercado Financeiro são poucos, sendo os mais conhecidos o do BTG Pactual, do Itaú BBA e do Bahia Asset (antigo BBM). Tomei conhecimento que algumas assets e bancos de investimento focam o processo seletivo de seu estágio de férias em uma determinada faculdade ou em um pequeno grupo delas, em que não há a divulgação pública de sua ocorrência para as outras universidades. Sendo assim, recomendo fazer o que eu fiz (e que deu certo): entrar em contato com essas instituições, demonstrar interesse em participar de seu Summer Job ou, caso a mesma não possua um programa de estágio de verão, dizer que qualquer experiência profissional possível na instituição seria de grande ajuda.

Summer Jobs são importantes? Qual o seu efeito no currículo?

quarta-feira, abril 19, 2017

Por que poucas pessoas relevantes do Mercado Financeiro estão no LinkedIn?

 Caso vocês tenham dado uma olhada nos perfis de pessoas relevantes do Mercado Financeiro no Google, talvez tenham percebido que uma porcentagem considerável delas não possuem LinkedIn ou, caso possuam, não o atualizam há muito tempo.

O motivo? Quem está satisfeito com o local onde trabalha não precisa manter o seu perfil atualizado. Tendo como premissa a hipótese de que o LinkedIn é utilizado para buscar emprego ou criar/manter um colchão de contatos para o caso de uma demissão, usos outros são raros e não representariam algo de valia para indivíduos em tal posição.

Esse também é o motivo pelo qual não há muitos livros sobre Mercado Financeiro daqueles que se encontram nele, nem blogs ou sites do tipo. Podemos perceber isso pelo caso americano, em que boa parte dos autores de livros sobre experiências pessoais em Mercado Financeiro são de indivíduos que optaram por mudar de carreira.

Por que poucas pessoas relevantes do Mercado Financeiro possuem perfis no LinkedIn?

Onde procurar atualidades sobre o Mercado Financeiro?

 Manter-se atualizado quanto às notícias do cenário político e macroeconômico brasileiro é fundamental, tanto para quem já trabalha no Mercado Financeiro, quanto para quem deseja ser estagiário ou trainee.

Para isso, compilei uma pequena lista com sites brasileiros com atualidades do Mercado Financeiro:

Valor Econômico - Notícias sobre o cenário macroeconômico e político. Extremamente relevante. Estadão - Entrevistas relevantes com expoentes do cenário econômico e político.
Folha de São Paulo - Entrevistas relevantes com expoentes do cenário econômico e político.
Brazil Journal - Para se manter atualizado em relação a alguns deals e a empresas listadas na Bolsa. Coluna do Broad | Estadão - Assim como o Brazil Journal, fornecem informações dos bastidores do mundo corporativo.
Bloomberg - Seção com algumas notícias selecionadas
Broadcast - Serviço especializado do Estadão
Retorn.us - Seleção de notícias nacionais e internacionais sobre economia
Arena do Pavini - Notícias sobre economia e dados econômicos da semana
Capital Aberto - Revista com publicações sobre o mercado financeiro brasileiro

Alguns sites que escrevem sobre Economia e Negócios, mas que leio como forma de entretenimento: IstoÉ Dinheiro
Época Negócios
Exame.com

Como se manter atualizado sobre Mercado Financeiro

segunda-feira, abril 03, 2017

Vou utilizar o blog para anunciar vagas de estágio, trainee e summer e winter jobs para trabalhar no Mercado Financeiro que eu encontrar pela rede. O primeiro estágio de férias a ser anunciado neste ano foi o do Itaú.

O Itaú abriu as inscrições para o Programa Estágio de Férias Nacional do Itaú. Os pré-requisitos e a informações se encontram abaixo.

Estágio de Férias - Winter Job do Itaú - 2017
Caso queiram recomendar alguma vaga, entre em contato por meio do formulário no rodapé da página. [Atualização - Publiquei uma lista de estágios de férias com foco no Mercado Financeiro: Lista de Estágios de Férias e Summer Jobs no Mercado Financeiro].

Quer receber vagas de estágios de férias e outras atualizações por e-mail?

* obrigatório

Estágio de Férias Nacional do Itaú 2017